Sobre as Bagas de Ouro

Os cheiros… as cores… as sensações.

O nascer do sol.

No fundo, as paisagens que me remetem para uma infância passada no campo. Em África. Chegar ao Alentejo há alguns anos foi confirmar que esta região é muito, muito mais do que, pensava eu, uma passagem até ao Algarve.

O Alentejo tem cor, tem vida e dá vida. As imensas planícies cobertas de verde, de amarelo dourado e até mesmo de castanho dão-nos uma paleta de emoções que só quem tem um grande amor pela terra consegue interpretar. O Alentejo dá sentido à vida!

Foi este misto de emoções que me fez apostar na criação do Monte Das Bagas de Ouro, uma exploração agrícola dedicada essencialmente à viticultura e olivicultura.

Plantar a vinha foi também o concretizar de um sonho de menino. Uma homenagem ao meu pai (José) e ao meu avô (João) que tanto me ensinaram sobre a arte de conviver com a terra. Mas a vinha não era suficiente. O que fazer com as uvas que todos os anos crescem na nossa terra?

Decidi que as uvas que produzo seriam tratadas na nossa adega: a Adega do Montado – outro projeto familiar (só assim para mim faz sentido) que nasce da minha paixão, impulsionado pelos mais novos da família que foram tendo apego à terra e um gosto crescente pelo fantástico mundo que é a viticultura e a enologia.

Estamos aqui para levar a todos o melhor vinho. Aquele que fazemos todos os anos com muita paixão, mas com a exigência de garantirmos a melhor qualidade. Trabalhamos para que todos possam viver experiências únicas!

Carlos Santos

Testemunhos dos Especialistas

Products not found

Agende uma visita

Eventos

Sustentabilidade

Subscreva a nossa newsletter

Eventos

Wine Virtual Run

Vindima Adega do Montado 2020

Rotulagem Monte das Bagas de Ouro

Venha nos fazer uma visita

Insira seu mail e receba também convites, atualizações, notícias e descontos.